Discutindo Informação em Saúde e interdisciplinaridade na CI

05/06/2012 20:27

Raimundo Nonato Ribeiro dos Santos *

Odete Mayra Mesquita Coelho **

 

Nos dias 21 a 23 de maio aconteceu, na cidade de Fortaleza, o II SINFORGEDS – Seminário Internacional de Informação para a Saúde, organizado pelo Departamento de Ciências da Informação (DECINF) da Universidade Federal do Ceará (UFC), tendo como coordenadora, a Profa. Dra. Virgínia Bentes Pinto, docente daquela Universidade e Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal da Paraíba.

Os participantes, vindos dos quatro cantos do país, e também estrangeiros, reuniram-se, com o propósito de discutir as mudanças que vem ocorrendo na área da saúde, e como elas afetam os campos científico, administrativo e os fluxos de informação e de comunicação. Ressaltamos, também, que eram profissionais e estudantes de diversas áreas científicas, como: Ciência da informação, Biblioteconomia, Arquivologia, Medicina, Enfermagem, Administração, entre outras.

Entre conferências e oficinas acerca da Informação para a saúde, foram abordadas temáticas como: Prontuário Eletrônico do Paciente, representação, padronização, legislação, arquitetura, certificação, segurança e gerenciamento eletrônicos de documentos.

Destaque para as conferências dos professores Maria Nélida González de Gómez e Rafael Capurro, teóricos relevantes da área de CI. A Profa. Nélida tratou da análise de domínio da Informação em saúde, contextualizando esta subárea como transdisciplinar entre a Ciência da Informação e as Ciências da Saúde. O Prof. Capurro abordou as reflexões sobre uma patologia da sociedade da informação, ressaltando a sobrecarga informativa como uma das características dessa sociedade.

O PPGCI/UFPB esteve representado no evento através de conferência ministrada pelo Prof. Dr. Guilherme Ataíde Dias, que abordou o tema Arquitetura da Informação no contexto da saúde, apresentando as contribuições que a arquitetura da informação pode trazer quando aplicada aos sites das Secretarias de saúde estaduais, e até mesmo ao prontuário eletrônico. Também estiveram presentes os mestrandos, autores deste ensaio, da Turma 2012 do PPGCI/UFPB.

A realização do II Sinforgeds se junta a outras iniciativas que reúnem Informação e Saúde e vêm ocorrendo no Brasil, como, por exemplo, a criação do GT-11 Informação em Saúde, da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB), bem como o sucesso do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde, oferecido pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), revelando assim a emergência e importância da temática para a sociedade atual.

Congratulamo-nos, assim, pela iniciativa do DECINF da UFC, com a organização do evento, ressaltando a qualidade das confererências e dos debates que se seguiram.

Por fim, devemos agradecer a esta iniciativa a oportunidade de conhecer teóricos relevantes da área, até então disponíveis apenas nos textos científicos já estudados. Vê-los, ouví-los e sentí-los, tornam ainda mais interessantes os estudos na Ciência da Informação.

 

 

* Bacharel em Biblioteconomia. Mestrando em Ciência da Informação (PPGCI-UFPB). Bibliotecário da Universidade Federal do Ceará.

** Bacharel em Biblioteconomia. Mestranda em Ciência da Informação (PPGCI-UFPB).