A Literatura Cinzenta se ilumina na Web¹

21/08/2015 14:37

Gustavo Henrique de Araújo Freire *

Isa Maria Freire **

 

Em artigo pioneiro nessa área, no Brasil, Población (1992, p.243) denomina “literatura cinzenta” aos documentos que “circulam nos eventos e permitem a agilização dos contatos entre investigadores, fortalecem os elos de comunicação entre os membros dos colégios invisíveis” (p.244). A autora inclui nesse grupo, “as comunicações apresentadas em eventos, os anais”, que também podem “ser apresentados dentro dos padrões exigidos pela publicação seriada e/ou periódica” (p. 244). Por fim, antevê que esse tipo de literatura “deve se impor como força propulsora da velocidade que caracteriza a comunicação eletrônica, a qual dominará o século XXI” (p. 245).

Quase 20 anos depois, Arboit e Bufrem (2011, p.217), ratificam, mediante pesquisa documental extensa,

que, embora este tipo de canal de comunicação científica não seja o mais valorizado na área pelas agências de fomento, ele constitui uma fase intermediária no processo de legitimação do conhecimento científico. Ou seja, os eventos refletem a tendência das pesquisas baseada nos anseios e discussões da comunidade científica [...].

 

As autoras alertam para a necessidade de preservação dos anais contendo a “literatura cinzenta” produzida nos eventos científicos, especialmente com vistas a estudos sobre a produção científica dos eventos nacionais da área. Na sociedade em rede, essa recomendação torna-se factível pelas tecnologias digitais de gestão e disponibilização da informação científica on line, desde a submissão dos trabalhos à produção dos anais do evento.

Na área da Ciência da Informação, no Brasil, buscamos identificar, em quatro eventos relevantes para a área, essa característica de “iluminar” a literatura cinzenta com as cores da disponibilidade para busca e acesso livre na web.

O mais recente é o Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometria, produzido por grupos de pesquisadores de diferentes áreas da ciência que desenvolvem pesquisa sobre o tema. O EBBC realizou sua primeira edição em 2008, sendo a mais recente em 2014. Desde esta última, utiliza o Sistema Online de Acompanhamento de Conferências distribuído pelo IBICT, e seus anais estão disponíveis em http://www.brapci.inf.br/ebbc/.

O Seminário em Ciência da Informação é realizado pelo Departamento de Ciência da Informação e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina desde 1998. O evento oferece um foro privilegiado para apresentação da pesquisa em Ciência da Informação e também utiliza o Sistema Online de Acompanhamento de Conferências do IBICT. Seus anais estão disponíveis em http://www.uel.br/eventos/cinf/.

O Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa da Informação (CINFORM), é promovido pelo Instituto de Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia desde 1997, visando debater questões, problemas e reflexões teóricas a respeito do campo de conhecimento a que se dedicam. As conferências, palestras e trabalhos apresentados em 2013 foram publicados como e-book e estão disponíveis no Portal do LT(http://www.lti.pro.br/ebooks/mundig2014/Inicio.html).

Por fim, o Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, que constitui o principal evento de pesquisa em Ciência da Informação no Brasil. O ENANCIB tem se constituído em foro privilegiado de apresentação e discussão da pesquisa científica na área, congregando o conjunto dos pesquisadores e dos programas de pós-graduação nacionais. As quinze edições já realizadas possibilitam identificar o estado da arte da área, suas frentes de pesquisa, temas de interesse e lacunas de pesquisa. O ENANCIB é promovido anualmente pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação, dispõe de ISSN e seus anais estão disponíveis na web desde sua primeira edição, em 1994.²

Assim, a literatura cinzenta se revela no cenário multicolorido do ciberespaço como fonte de informação iluminada nos múltiplos olhares de pesquisa compartilhados nos eventos científicos. Em seus anais, registram-se trilhas de pesquisa, mapas de territórios inexplorados, relatos de investigações surpreendentes. Cuidemos, pois, de registrar e organizar para compartilhar os anais de eventos, de modo a iluminar cada vez mais o campo da Ciência da Informação brasileira com os resultados e a discussão de suas pesquisas.

 

1 Editorial da revista Informação & Sociedade: estudos – v. 25, n. 2, 2015. Disponível em: <http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/issue/current>.

² Disponível em <www.ancib.org.br>. Projeto em parceria com o Instituto Brasileiro de Informação e Tecnologia – IBICT, utilizando o Sistema Online de Acompanhamento de Conferências.

 

REFERÊNCIAS

ARBOIT, Aline Elis; BUFREM, Leilah Santiago. Produção de trabalhos científicos em eventos nacionais da área de ciência da informação TransInformação, Campinas, v. 23, n. 3, p. 207-217, set./dez. 2011.

POBLACION, D. Literatura cinzenta ou não convencional: um desafio a ser enfrentado. Ciência da Informação, v. 21, n. 3, p. 243-246, set./dez. 1992.

 

* Editor da revista Informação&Sociedade: Estudos

** Editora da revista Informação&Sociedade: Estudos